Pesquisa qualitativa nos pontos de vendas + pesquisa quantitativa junto a consumidores = viabilidade de investimento

A empresa de alimentos industrializados queria aumentar a sua linha de produtos e os frutos do mar em conserva eram uma boa oportunidade de negócio, pois esse mercado é bastante difundido internacionalmente.

A pesquisa de mercado deveria responder se o mercado brasileiro era receptivo a linha de produtos de frutos do mar em conserva, explorar quais os canais de distribuição mais adequados e outros aspectos.

SOLUÇÃO

A Florenzano Marketing propôs um estudo cruzado com informações qualitativas dos canais de distribuição (supermercados, boutiques de peixes e empórios gastronômicos) e de consumidores institucionais (restaurantes e hotéis) “versus” um estudo quantitativo feito junto a consumidores finais.

Para uma avaliação profunda para o lançamento desses produtos foi necessário fazer uma ANÁLISE DE OPORTUNIDADE para definir o tamanho desse mercado, fatores de decisão de compra, grau de exigência dos clientes em relação à qualidade do produto, hábitos de compra dos consumidores final e institucional, entre outros aspectos.

Foi feito uma ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA que mostrou os pontos fortes e fracos desse mercado, concorrência com produtos frescos, preços praticados e métodos de vendas e marketing.

Para complementar foi feita uma ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO/LOGÍSTICA onde foram explorados como os produtos são vendidos no mercado, necessidade de promotores de vendas, utilização de distribuidores de venda e outros aspectos.

RESULTADO

Com as informações obtidas nas análises de oportunidade, concorrência e distribuição, o cliente pôde ter uma visão total do ambiente mercadológico para frutos do mar em conserva no Brasil e pôde desenvolver um estudo de investimento, considerando todos os aspectos positivos e negativos desse negócio.